barra-nautica

Lista A venceu eleições na Divisão Náutica ACAP/APICAN

eleicao 1Decorreu no passado dia 14 de Março, a eleição da nova Comissão Executiva da Divisão Náutica ACAP/APICAN, para conhecer quais os novos dirigentes da Associação Portuguesa da Indústria e Comércio das Actividades Náuticas.

Como é a Divisão Náutica da Associação Automóvel de Portugal, o acto decorreu na sede desta associação, tendo participado, pela primeira vez, duas listas a concorrer, facto que demonstra o elevado interesse das actividades económicas do sector, pelo desenvolvimento da náutica de recreio.
 

 

Venceu a Lista A que se apresentou “Por Uma Náutica Mais Forte” e “Uma Equipa Experiente e Dedicada à Náutica” 
 

 

Presidente 

 

Eugénio Martins – Nautiser Centro Náutico - Presidente Conselho de Administração - 27 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

 

 

Vice-Presidente 

 

António Inglês - Nautiradar Lda - Director Geral - 30 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

 

 

Vogais 

 

António Gaspar – Grow Ibéria Lda - Sócio Gerente - 23 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

Francisco Calão – Riamar - Sócio / Diretor Financeiro - 8 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

Miguel Ferreira - AIFE Director Geral - 27 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

Miguel Pacheco – Motolusa, Lda - Gerente Executivo – 18 anos de atividade no sector da náutica de recreio 

 

Pedro Nunes – Yamaha Motor Europe N.V. Sucursal em Portugal - Marine Manager 27 anos de Atividade no sector da náutica de recreio 

 

 

 

LINHAS GERAIS DO PROGRAMA 

 

- Estabelecer pontes não só na defesa dos interesses das empresas do sector náutico, com a demonstração das suas competências e promoção da excelência profissional, mas também na defesa e respeito por um bem maior: O Mar de Portugal. 

 

- Promover uma maior aproximação dos profissionais do setor à ACAP / APICAN, trazendo propostas ou projetos que contribuam para a dinamização e promoção da Náutica de Recreio em Portugal, enquanto fator de desenvolvimento e de crescimento económico do País. 

 

- Comunicar e informar os associados duma forma mais regular sobre as atividades da Associação. 

 

- Lutar por um sistema estatístico da Náutica de Recreio, quer na área da produção quer do comércio, de forma a conhecermos o potencial e desempenho de cada setor de atividade. 

 

- Dar voz aos associados e representá-los perante as Entidades Oficiais no sentido de tornar o nosso setor cada vez mais competitivo, dinâmico e atraente para outros sectores de atividade como por exemplo o Turismo. 

 

- Desburocratizar, flexibilizar e uniformizar processos de toda a legislação náutica, bem como outros constrangimentos que impedem um saudável desenvolvimento do setor (ex: IUC, reboques, etc.). 

 

- Negociar e garantir sempre as melhores condições de participação aos seus associados, em certames de dimensão nacional (Ex: Nauticampo), junto das entidades organizadoras por forma a darmos uma expressão de excelência da Náutica de Recreio ao mercado e público em geral. 

 

- Prosseguir o desiderato, enquanto membro orgulhoso do ICOMIA (Conselho Internacional das Associações das Indústrias Marítimas) desde 1989 e assim contribuir para o prestígio e desenvolvimento do setor empresarial da Náutica de Recreio.