barra surf

Vasco e Frederico destacam-se no arranque do Sumol Porto Pro

porto masculinoO Sumol Porto Pro, segunda etapa da Liga MOCHE, teve hoje início na Praia Internacional, com boas ondas de 0,5m a 1m. Com milhares de pessoas a assistir, realizaram-se as duas primeiras fases da prova masculina, onde os destaques ficaram por conta de Vasco Ribeiro e Frederico Morais.

O campeão e vice-campeão nacional de surf em título fizeram exactamente a mesma pontuação – a melhor do dia, (16.25 em 20 pontos possíveis), em dois heats seguidos, mostrando o porquê de dominarem actualmente o surf português.

Destaque ainda para o luso-germânico Marlon Lipke, que igualou a pontuação de Vasco e “Kikas”, para os juniores Miguel Blanco, André Faria e Tomás Fernandes e para o ex-vice-campeão nacional David Raimundo, actualmente mais presente no papel de treinador.

Todas as etapas da Liga MOCHE contam com um prize-money de 11.000€ por etapa, um valor que ultrapassa o dobro do montante oferecido no ano passado, num total de 55.000€.

Apenas para os atletas masculinos, está também em jogo um lugar no Top 10 do MOCHE WildCards, uma competição especial que, em cada etapa, contabiliza a melhor onda dos últimos 16 atletas em prova e define dez vagas para o campeonato de triagens que atribui um wildcard no MOCHE Pro Portugal presentedbyRip Curl, a única etapa do principal circuito mundial de surf que se realiza em Portugal, em Outubro deste ano.

O Sumol Porto Pro é também a primeira etapa a contar para a MINI Triple Crown, um troféu especial dentro da Liga MOCHE, que atribui o usufruto de um automóvel MINI aos melhores atletas masculino e feminino no cômputo geral de três das suas etapas, nomeadamente as provas do Porto, Peniche e Cascais.