barra-vela1.jpg

José Matoso/Gustavo Lima/Frederico Melo conquistam Europeu de Dragões

drago hpO Drago, de José Matoso/Gustavo Lima/Frederico Melo, venceu o Cascais BMW Dragon European Championship 2013, que terminou no passado Sábado na Baía de Cascais com 62 Dragões participantes.

A tripulação nacional foi 19ª classificada na sétima e derradeira regata e conquistou o título. O alemão Markus Wieser, vencedor da edição passada, foi segundo classificado, enquanto o dinamarquês Jens Christensen foi terceiro.
A prova contou com o alto patrocínio da Câmara Municipal de Cascais e da BMW.
O Clube Naval de Cascais e a International Dragon Association foram os promotores do evento.
José Matoso/Gustavo Lima/Frederico Melo assinaram mais um momento histórico para a vela portuguesa ao vencerem em Cascais, esta tão importante prova de vela do calendário internacional.
 “Estou muito feliz. Vencer um Campeonato da Europa é um momento único. Foi uma prova difícil, muito equilibrada e foi preciso esperar pela última popa da última regata para se fazerem as contas”, afirma José Matoso.
Nervos de aço foram necessários para o final emocionante do Cascais BMW Dragon European Championship 2013. À largada para a 7ª regata, os três primeiros classificados estavam separados por apenas 6 pontos.
A comissão de regatas deu uma primeira largada com vento Leste, mas teve de ser abandonada. Os Dragões em prova ficaram na água a aguardar e, finalmente, com o vento a soprar de Oeste, com 8 nós de intensidade foi possível cumprir na íntegra o programa previsto.
O Aimee, dos britânicos Graham Bailey/Julia Bailey/Richard Powell/William Heritage, foram os vencedores e conquistaram o título Corinthian. O alemão Marcus Wieser, com Sergey Pugachev e Georgii Leonchuk na tripulação, no Bunker Queen, foi segundo e o Troika, dos alemães Tim Ladehof/Tim Jesse/Arne Brugge, terminou na terceira posição.
O Seven Seas Too, de Diogo Barros/Jorge Lima/Rúbrio Basílio, foi o melhor português na 5º posição.
No que respeita aos restantes portugueses, Seven Seas Too, de Diogo Barros/Jorge Lima/Rúbrio Basílio foi 7º classificado, um excelente resultado e o Christmas III, de Rui Bóia/Duarte Neves/Guilherme Almeida/Miguel Guimarães, acabou na 11ª posição.
O Lady Tati, de Patrick Monteiro de Barros/Nuno Barreto/Rodrigo Vantacich, foi 29º e o Peggy, de Miguel Magalhães/Jorge Pinheiro de Melo/José Magalhães, ocupou o 38º posto.
O Tethys, de José Carlos Pina/Filipe Loureiro/Miguel Tavares, finalizou a prova em 47º. O Whisper, de Mário Quina/Fernando Passeiro/Luís Mourão, foi 50º.
O Pamalican V, de Francisco de Lacerda/Diogo Lacerda/Francisco Andrade, o Dragul, de José Bello/João Almeida Lopes/Gonçalo Lacerda e o Catarina III, de Henrique Anjos/Joaquim Moreira/Pedro Costa Alemão foram 52º, 53º e 54º, respectivamente.

 

Classificação Top 5
1º Drago - José Matoso/Gustavo Lima/Frederico Melo – Portugal
2º Bunker Queen - Marcus Wieser/Sergey Pugachev/Georgii Leonchuk - Alemanha
3º Out of Bounce - Jens Christensen/Kim Andersen/Anders Bagger – Dinamarca
4º Fever – Klaus Diederichs/Andy Beadsworth/Jamie Lea – Grã-Bretanha
5º Dottore Amore – Ingo Ehrlicher/Werner Fritz/Thomas Auracher - Alemanha

 

FOTO: Fernando Algarvio