barra-vela1.jpg

Vendée Globe 2012 /2013: Match Racing nos Mares do Sul

cheminnes poujoulat 400 hpCom os veleiros juntos e a ultrapassarem-se uns aos outros, por diversas vezes, Armel Le Cléac'h, no “Banque Populaire” disse que parecia que estava numa prova a fazer match racing com os cinco da frente.


Ao 28º dia de prova, a liderança no Indico mudou novamente e agora é do suiço Bernard Stamm no “Cheminées Poujoulat”. Em segundo encontra-se o “Macif” de François Gabart a 13 milhas e o terceiro é Jean-Pierre Dick no “Virbac-Paprec” a 48 milhas. Agora no quarto lugar, à distância de 127 milhas para o líder, encontra-se Alex Thomson no “Hugo Boss”, enquanto o veleiro que mais tempo liderou a prova, o “Banque Populaire” com o skipper Armel Le Cleac'h, está a 160 milhas do barco da frente.
Tudo isto aconteceu porque a frota da frente encontrou um mar calmo e com pouco vento à passagem pelo ponto de Crozet, em vez do mar agitado e batido dos outros anos nesta passagem. Devido a essas condições, o “Banque Populaire”, porque ía à frente foi o mais punido, não conseguiu livrar-se da calma voraz ao redor da passagem de Crozet, viu-se ultrapassado e perdeu mais de 160 milhas.
Atrás do grupo da frente vão o inglês “Gamesa”, o francês “Syner Ciel” e o suiço “Mirabeau”, todos juntos e a apenas 600 milhas dos da frente. O último continua a ser o Team Plastique a 2.620 milhas.