Draga recolhe Lixo do leito do rio Sado

3 Fev, 2020 | Ciências do Mar

Estes materiais quando depositados diretamente em meio marítimo têm um longo tempo de decomposição (plástico, mais de 100 anos; nylon, mais de 30 anos; borracha, tempo indeterminado), libertando componentes que podem interferir negativamente com o ambiente marinho.
 
Os lixos recolhidos estão a ser encaminhados para operações de valorização, conforme previsto no Plano de Gestão de Resíduos da empreitada. A remoção destes lixos, nomeadamente do plástico que constitui uma ameaça crescente para a vida marinha, e o seu envio para reciclagem contribui para a diminuição de dióxido de carbono, um dos gases mais importantes nas alterações climáticas.

Temas

Advertisement MSC
Utilizamos cookies estritamente necessários para fornecer as funções básicas do site.
Accept