Porto de Lisboa acolheu o mais recente navio de cruzeiros do mundo movido a gás natural liquefeito

6 Jan, 2023 | Economia do Mar

A par da capital portuguesa, o cruzeiro contempla passagens pelo Funchal, por Santa Cruz de Tenerife, Las Palmas de Gran Canaria, Arrecife e Cádis.
Este é um dos 28 navios encomendados até 2028 movidos a combustíveis alternativos e é, depois do Iona – que se estreou em Lisboa, em outubro de 2021 –, o segundo navio da classe Excel da P&O Cruises a ser movido a GNL. 
A utilização deste combustível alternativo e menos poluente permite a redução das emissões de dióxido de carbono e a eliminação das emissões de enxofre para o meio ambiente, contribuindo, assim, para uma pegada ecológica reduzida.
Também o impacto do ruído é reduzido, uma vez que os motores movidos a GNL requerem menos manutenção e são mais silenciosos.
A estas vantagens, acresce ainda o facto de o GNL ser mais barato e ter maior valor energético que outros combustíveis fósseis.

Temas

Advertisement MSC
Utilizamos cookies estritamente necessários para fornecer as funções básicas do site.
Accept