Stakeholders do Porto de Setúbal: Confiança e dinamismo em 2021

7 Jul, 2021 | Economia do Mar

Este importante estaleiro está a reabilitar, na Mitrena, o seu pórtico de 500 toneladas construído em 1973. Para além da substituição de componentes, reparação de aço e de uma pintura geral, o equipamento será modernizado, passando a incluir tecnologia digital dotando-o de maior segurança e eficiência.
O estaleiro da Lisnave, uma das mais importantes infraestruturas de reparação naval europeias, recebe mais de uma centena de navios por ano e tem capacidade para docar os VLCC – Very Large Crude Carriers, navios acima das 300 mil toneladas de porte bruto. A empresa tem um historial marcado pela inovação dos processos, com destaque para o seu patenteado sistema de docagem Hydrolift, que permite docar navios até à classe Panamax, em condições otimizadas de mobilidade, segurança e de proteção ambiental.
Este é mais um exemplo de como as empresas instaladas no Porto de Setúbal se preparam para os novos desafios que a recuperação económica coloca, depois da aquisição pela Tersado (concessionária do Terminal Multiusos 1), de uma moderna grua com capacidade até 120 toneladas e da entrada em operação do TLA -Terminal Logístico Automóvel, do Grupo SAPEC e do Grupo BARRAQUEIRO.

Temas

Advertisement MSC
Utilizamos cookies estritamente necessários para fornecer as funções básicas do site.
Accept